Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Como deixar a rotina mais ativa com exercícios físicos

Exercícios físicos: dicas para praticar e deixar a rotina mais ativa

Nem todo mundo gosta de fazer exercícios. Porém, muita gente deixa de praticar por não saber nem como começar. A gente te ajuda!

publicidade

publicidade

Exercícios físicos: dicas para praticar e deixar a rotina mais ativa

Nem todo mundo gosta de fazer exercícios. Porém, muita gente deixa de praticar por não saber nem como começar. A gente te ajuda!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Como deixar a rotina mais ativa com exercícios físicos

publicidade

publicidade

Se fazer exercícios físicos fosse fácil, todo mundo acordaria feliz, arrumado e pronto para movimentar o corpo. No entanto, não é nada fácil. E, mesmo sabendo de todos os benefícios que a atividade física pode proporcionar, existem inúmeros fatores que impedem a prática dos exercícios físicos na rotina.

Mas um desses fatores nem sempre está relacionado ao estilo de vida ou a questões externas. Muita gente simplesmente não sabe como começar ou que exercício físico fazer para manter o corpo em movimento e a rotina mais ativa. Se você faz parte dessa galera, então confira algumas dicas que podem te ajudar! 

Você só descobre o que gosta quando se permite experimentar

O que não falta hoje em dia é opção para praticar exercícios físicos. E, justamente por isso, muita gente se sente perdida sobre o que fazer. “O mais importante é se colocar em movimento com alguma atividade prazerosa. É sobre buscar um exercício que seja feito com um sorriso no rosto e por amor ao corpo”, afirma Ingrid Sayuri, professora de yoga. 

Por isso, nesse caso, uma dica é apostar nas aulas experimentais. Afinal, não dá para dizer que não gosta de alguma coisa sem antes ter experimentado, não é mesmo? Além disso, muitas dessas aulas são gratuitas, o que te permite avaliar se tal prática é adequada para você sem ter que mexer no bolso. “Vale pesquisar e não desistir, pois as possibilidades são inúmeras. O leque de opções da educação física é muito grande!”, incentiva a profissional. 

Prefere exercícios físicos mais tranquilos ou mais agitados? 

Ainda que o estilo de vida não seja um fator determinante, é muito importante levar em consideração a sua rotina e a sua personalidade para escolher entre as inúmeras atividades. Como existem muitas opções, faça primeiro uma reflexão: quem é você no universo do exercício físico?

Se você gosta de atividades mais tranquilas, mas que proponham esforço, yoga e pilates são exercícios físicos que você deveria tentar. “Se a busca é exatamente o oposto, com intensidade e muita ação, zumba, lutas ou até crossfit são o caminho”, explica Ingrid. “Há também quem possa preferir prática na água, como a natação ou a hidroginástica. No entanto, para a galera dos esportes, temos a ginástica, a patinação, o polo aquático, além dos clássicos. Agora, se o prazer está em se aventurar, a sugestão é para que se pratique escalada ou skate”. 

Mas vale ressaltar que, seja qual for o exercício físico escolhido, você precisa ter bons profissionais, devidamente qualificados, para não se machucar. “Experimente aulas de professores diferentes também. Há inúmeras abordagens e métodos de ensino e é crucial que haja identificação com a prática e também com o profissional. A única regra universal é fazer por respeito e com quem respeita o seu corpo”. 

O yoga ganhou destaque nos últimos anos. Saiba mais sobre!

Você também percebeu que o yoga teve um boom nos últimos anos? É porque, devido à pandemia e muitas inseguranças coletivas, muitos buscaram na prática uma forma de se movimentar e se conectar consigo mesmo. 

“A prática contribui para a melhora das capacidades do corpo e mente, o que reflete de maneira positiva na rotina diária. Nos ensina a respirar adequadamente, contribuindo para noites de sono melhores, e isso ajuda com a depressão e da ansiedade. A filosofia propõe o caminho do autoconhecimento e isso, falando como praticante, é libertador!”, conta Ingrid. 

Se você também se interessou pelo exercício físico, você pode buscar diferentes caminhos para incluir a prática na sua rotina. “Costumo dizer que a aula de yoga propõe a integração do ser como um todo em essência, independentemente da prática. Para cada uma delas, há técnicas específicas e profissionais qualificados para conduzir. Se a aula atende ao que o aluno procura, todo mundo pode praticar. O professor precisa estar preparado para acolher as possíveis adaptações que alguma individualidade do aluno peça”. 

Aproveite para dar uma chance às aulas de exercícios físicos online

Se você até sabe qual exercício físico praticar, mas está faltando tempo ou não pode frequentar um lugar específico no momento, aproveite para dar uma chance às aulas online. “Faz mais de um ano que trabalho e vejo colegas dando aula online. Muitas práticas funcionam bem nesse formato! Fica a sugestão para que o pessoal experimente o yoga, o pilates de solo, aulas de dança, a ginástica geral e a ginástica calistênica”, incentiva Ingrid. 

Mas, nesse caso, é importante repetir que não é para fazer qualquer aula, com qualquer pessoa, para não correr riscos! “A educação física pertence a área da saúde justamente por propor mudanças metabólicas, estresse muscular e muitas outras coisas. Precisamos levar a sério isso! Cada corpo tem suas particularidades e essas considerações garantem um treino saudável”. 

Foto de capa: Unsplash

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade