Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Viih Tube relembra estupro, agressão e body shaming em autobiografia

Viih Tube revela em livro "Cancelada" ter sido vítima de violência sexual aos 16 anos e conviver com o abusador nos dias atuais: "Trabalhamos no mesmo meio, o que me dá calafrios".

publicidade

publicidade

Viih Tube relembra estupro, agressão e body shaming em autobiografia

Viih Tube revela em livro "Cancelada" ter sido vítima de violência sexual aos 16 anos e conviver com o abusador nos dias atuais: "Trabalhamos no mesmo meio, o que me dá calafrios".
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Viih Tube revela ter sido vítima de estupro aos 16 anos: "Sou obrigada a conviver com o homem que me estuprou"

publicidade

publicidade

Viih Tube é conhecida pelo público pelo jogo feito com maestria pelo “BBB21” e por ter enfrentado as consequências do cancelamento pelas redes sociais. Muito diferente da jogadora vista dentro do reality show ou até toda a diversão pela Farofa da Gkay, a influenciadora enfrentou experiências traumáticas de bullying, agressão e até violência sexual em seu livro, intitulado “Cancelada”.

Primeiramente, Viih Tube revela que foi vítima de estupro aos 16 anos em trechos de sua autobiografia .  “Disse ‘não’ diversas vezes, mas não foi suficiente. Fui estuprada. Mesmo sabendo que tentei evitar, me culpava por não ter feito nada além de empurrá-lo”, escreveu ela em um parágrafo do livro, acrescentando: “A culpa do estupro é sempre do estuprador, nunca da vítima. Naquela época, não tinha consciência de que não precisava me envergonhar. É o tipo de coisa que a gente não esquece”.

Viih Tube convive com abusador: “Trabalhamos no mesmo meio”

Além disso, a criadora de conteúdo disse que convive com o abusador por questão profissional. Em outras palavras, Viih Tube o vê com frequência, já que convivem no mesmo meio.

“Até hoje, sou obrigada a conviver com o homem que me estuprou, porque trabalhamos no mesmo meio, o que me dá calafrios”, disse. Atualmente, a jovem relatou que, em 2016, tentou tirar a própria vida: “Hoje, eu analiso e lembro da sensação que eu tive, de estar sem chão, sem sentido. Não me reconhecia mais. Era fria, não sentia nada e não tinha vontade de nada. Eu não sentia vontade de nada, de fazer nada. Eu me sentia morta”. Assim, a saída para Viih Tube ter ajuda foi a terapia.

“Aos 9 anos, já sofria com comentários sobre meu corpo”

Pelo livro, Viih Tube também revelou ter sido vítima de body shaming desde pequena. “Aos nove anos, já sofria com os comentários sobre meu corpo. Ter um canal era motivo de chacota. No recreio, lanchava sozinha, com medo de ser algo de risinhos. Era terrível”, relembrou.

A ex-BBB também sofreu com o vazamento de fotos íntimas quando tinha apenas 14 anos. Na época, uma imagem sua com o primeiro namorado fez com que Viih Tube sofresse julgamentos entre seus colegas de escola e pela internet. “Esse episódio me traumatizou profundamente. Senti uma decepção profunda. Fizeram memes machistas, me julgando. Ali estava eu, tendo a minha intimidade exposta pelo meu príncipe encantado. Mais uma desilusão”, lamentou.

Viih Tube foi vítima de agressão

No entanto, o episódio que gravou um vídeo cuspindo na boca de um gato foi a pior onda de ódio que Viih Tube levou até então. Alvo de xingamentos, ela sofreu agressões físicas quando saiu de casa.

“Um homem partiu para cima de mim, me deu uma rasteira e me chutou quando eu já estava no chão. Até hoje penso no que poderia ter acontecido se eu não tivesse conseguido correr”, disse, finalizando sobre o tema: “Pedi desculpas, me humilhei, chorei, implorei o perdão das pessoas, mas nada adiantou. Até hoje não consigo falar sobre esse assunto sem sentir vergonha e vontade de chorar”, finalizou.

Foto de capa: Reprodução Instagram / @viihtube

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade