Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Gkay desabafou ao sofrer body shaming no Tiktok e alertou sobre saúde mental

Crítica contra aparência: Gkay já alertou sobre saúde mental

A humorista Gkay já foi alvo de bullying na internet, com críticas contra sua aparência. A artista se manifestou nas redes e fez alerta sobre saúde mental.

publicidade

publicidade

Crítica contra aparência: Gkay já alertou sobre saúde mental

A humorista Gkay já foi alvo de bullying na internet, com críticas contra sua aparência. A artista se manifestou nas redes e fez alerta sobre saúde mental.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Gkay desabafou ao sofrer body shaming no Tiktok e alertou sobre saúde mental

publicidade

publicidade

A Farofa da Gkay, festa promovida por Gessica Kayane, foi um fenômeno nas redes sociais e ficou na boca do povo durante todo o último final de semana. Em três dias de comemoração, a humorista foi exaltada por servir muito entretenimento, mas só quem a acompanha pelas redes sociais sabe que não faz nem muito tempo que ela estava sendo vítima de body shaming.

Em agosto, fotos da humorista e de outras influenciadoras apareceram em um vídeo com o título “Famosas que são feias, mas ninguém tem coragem de falar” e Gkay decidiu quebrar o silêncio depois sofrer crítica contra a aparência.

Gkay se manifestou em seu perfil do Twitter e expôs a situação. “Aí, gente. Tem dias que fico inconformada de ser feia, mas é isso. Na verdade, antes eu me achava bem bonita, mas depois de ler tanto que eu era feia e horrorosa, hoje me acho um monstro, é isso”, lamentou a artista.

Vídeo com crítica contra aparência de Gkay ultrapassa 420 mil curtidas

Na sequência, Gkay demonstrou sua desaprovação para as tais listas que estão viralizando nas redes sociais para classificar a beleza dela e de outras celebridades. Na época, a postagem já havia ultrapassado as 420 mil curtidas.

“Para vocês terem ideia, criaram uma thread no TikTok dizendo ‘famosas que são feias e ninguém fala’ e a primeira da lista era sempre eu. Aí vocês querem que eu me sinta como? Vendo milhões de likes e comentários, todo mundo lá concordando e aplaudindo”, contou ela.

Julgamentos sobre aparência abalam autoestima de Gkay

Mas essa não é a primeira vez que Gkay se depara com críticas contra a sua aparência. Em junho, ela desabafou sobre os constantes julgamentos que vinha recebendo, seja pelas mudanças no visual ou quando faz um procedimento estético novo: “Juro por Deus, vocês não sabem o que vocês fazem com a autoestima de uma pessoa. Vocês jogam ela no lixo porque é toda hora, toda hora: cabelo feio, cara feia, roupa feia, corpo feio. Deixa, gente, deixa eu ser feia”, disse.

A influenciadora falou ainda sobre a importância da autoaceitação. “O meu conteúdo é de humor… Eu nem sei, porque é sem graça. Sei lá. O meu conteúdo é a minha vida e eu sou assim. Esse é meu rosto, esse é o meu corpo. Não tem mais o que fazer (….). Até porque o que tinha de plástica para fazer eu já fiz. Se eu estou me aceitando feia, me aceitem também. Se quiser ver gente bonita, segue essas blogueiras, e não eu”, desabafou ela, na ocasião.

Body shaming pode causar impacto físico e mental

A prática do body shaming pode causar impactos físicos e mentais. Enquanto fisicamente, a pessoa pode querer transformar sua aparência de forma nada saudável e até mesmo recorrer a cirurgias plásticas, o psicológico pode desenvolver quadros de ansiedade, depressão, isolamento social, incluindo tipos variados de fobia.

“A gente precisa desnaturalizar isso e anormalizar essa situação. A gente precisa abrir os olhos e treinar. Se você fizer, repare e vai mudando. É um treinamento”, aconselha Alexandra Gurgel, fundadora do Movimento Corpo Livre.

Foto de capa: Reprodução Instagram / @gessicakayane / @Krisna

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade