Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Corpo livre de sutiã: por que a peça gera tabu?

Corpo livre de sutiã: por que não usar a peça ainda é um tabu?

Usar ou não sutiã deveria ser uma escolha individual, mas o corpo feminino ainda é cercado de tabus e julgamentos. Por que isso acontece?

publicidade

publicidade

Corpo livre de sutiã: por que não usar a peça ainda é um tabu?

Usar ou não sutiã deveria ser uma escolha individual, mas o corpo feminino ainda é cercado de tabus e julgamentos. Por que isso acontece?
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Corpo livre de sutiã: por que a peça gera tabu?

publicidade

publicidade

Durante a pandemia e o período de isolamento, muitas pessoas começaram a avaliar melhor suas necessidades e gerou um impacto na forma de se vestir. Isso porque mulheres começaram a investir em um estilo mais confortável e natural e deixaram algumas peças de lado – entre elas, o sutiã. Assim, deixar os seios livres, sem o suporte da peça, acabou se tornando um símbolo de liberdade. Mas por que não usar sutiã ainda é um tabu?

Feministas fizeram “A Queima de Sutiãs” nos anos 70

No início dos anos 70, feministas se manifestaram contra a realização do concurso de Miss America e levantaram o movimento “bra burning” ou “A Queima dos Sutiãs”. No protesto público, ativistas se posicionaram contra a visão arbitrária da beleza e opressiva às mulheres, devido a sua exploração comercial.

Atualmente, o “braless” tem dominado as redes sociais e cada vez mais as mulheres estão usando menos sutiãs. Principalmente quando se trata das versões mais elaboradas, com rendas e bojos. De acordo com um estudo da NFP GROUP, empresa norte-americana especialista em pesquisas de mercado, o modelo tipo top vendeu mais de 31 % no segundo semestre de 2020 em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Por que mulher sem sutiã ainda é tabu?

Primeiramente, vale destacar que o uso ou não da peça íntima é uma escolha individual, não uma regra. No entanto, estamos em 2021, não estamos mais queimando sutiãs, mas mamilos ainda são polêmicos. Por que homens sem camisa não choca, enquanto corpos femininos ainda carregam esse tabu? Diante de uma sociedade machista e patriarcal, as mulheres foram ensinadas a esconder os seios desde quando eles começam a se desenvolver.

“Eles são vistos como atrativos sexuais e como nós temos que protegê-los para não serem violados, ou para que mulheres não sejam consideradas ‘fáceis’ ou ‘disponíveis sexualmente'”, disse Darlane Andrade, psicóloga e professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo da Universidade Federal da Bahia (UFBA) ao entrevista ao “IG”.

Comparações de corpos podem gerar insegurança

Uma questão que pode gerar polêmica sobre os seios e insegurança em deixá-los mais livres são as comparações. Isso porque, pelas redes sociais, a prática de body shaming, o ato de ridicularizar ou zombar da aparência física de uma pessoa, ainda é bem comum. Principalmente quando o corpo não está dentro dos padrões estéticos esperados. No entanto, mesmo as famosas, consideradas “perfeitas”, também não escapam dos comentários maldosos.

Bruna Marquezine, por exemplo, já sofreu críticas a respeito de seus seios. Eles foram chamados de “caídos” durante uma aparição da atriz pelo Carnaval do Rio. Além disso, Kendall Jenner também recebeu ataques ao comparecer a um evento do Festival de Cannes, na França, com um vestido transparente e livre de sutiã.

Já Luísa Sonza enfrentou olhares atravessados quando decidiu investir em um top para trabalhar e deixou o sutiã em casa: “A primeira mulher que eu vi no dia olhou para mim com desprezo como se ela nunca tivesse visto peitos na vida, como se fosse o maior absurdo. Tive vontade de falar: experimenta, é muito libertador. É complicado lidar com isso”.

Seios livres: famosas que não gostam de usar sutiã

Pelo Twitter, uma fã agradeceu à Bruna Marquezine por fazê-la perder a vergonha de não usar sutiã e a atriz admitiu que isso faz parte de sua rotina. “Amo e acho bonito”, disse.

No universo das estrelas internacionais, Jennifer Aniston é uma que, com frequência, é vista e fotografada sem a peça íntima com suas regatinhas soltas e até vestidos mais colados. Além dela, Rihanna, Kate Moss, Jennifer Lopez, Gwyneth Paltrow e mais artistas integram o time das que não se incomodam em abrir mão do acessório.

“A gravidade não é um inimigo”, diz atriz Gillian Anderson

Em entrevista com fãs em live no Instagram, durante o período de pandemia, Gillian Anderson, atriz de “Sex Education” e “The Crown” disse não usar mais sutiã: “Eu não posso usar sutiã. Eu não posso, não. Eu não posso ”, em resposta a uma pergunta sobre seu closet.

Ainda no vídeo, Gillian Anderson falou sobre o medo dos seios ficarem “caídos” com o passar da idade. “E se a queda acontecer, bem, a queda acontecerá. Me desculpe, mas não me importo se eu alcançar meu umbigo, meus seios alcançam meu umbigo. Eu não estou mais usando sutiã. É muito desconfortável ”, completou ela.

Foto de capa: Pexels

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade