Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Corpo livre de antitranspirante

Antitranspirante faz mal? A sua pele precisa respirar e suar!

O suor é importante para a saúde do corpo e a pele precisa respirar. Por isso, o uso do desodorante antitranspirante pode não ser a melhor ideia.

publicidade

publicidade

Antitranspirante faz mal? A sua pele precisa respirar e suar!

O suor é importante para a saúde do corpo e a pele precisa respirar. Por isso, o uso do desodorante antitranspirante pode não ser a melhor ideia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Corpo livre de antitranspirante

publicidade

publicidade

Calma, isso não é um protesto contra os desodorantes antitranspirantes. Mas é um convite à reflexão: você já parou para pensar por que eles existem e por que você usa tais produtos? Já parou para pensar se o antitranspirante faz mal?Se você já pensou e respondeu que é para não suar ou não ficar com cheiro desagradável nas axilas, temos uma notícia para você. O seu corpo precisa suar e respirar! Por isso, confira o que fazer para ficar com o corpo livre de antitranspirante – nem que seja em momentos específicos!

O que são os desodorantes antitranspirantes e como eles agem no corpo

Para começar, nem todos os desodorantes têm ação antitranspirante. No entanto, muitos deles, além de diminuir possíveis odores provocados pela transpiração, também têm a função de controlar e até mesmo inibir essa produção do suor. Para identificá-los, basta checar a embalagem, já que o termo antitranspirante vem sinalizado no produto. 

Por conta da composição dos antitranspirantes, esse tipo de desodorante age diretamente nas glândulas sudoríparas, impedindo as células do corpo de produzirem e liberarem o suor. É por isso que você fica com a sensação de estar sequinha nas axilas o dia inteiro.

Antitranspirante faz mal? O suor regula a temperatura do corpo e mais!

A grande questão é que suar faz parte do funcionamento normal do corpo, que tem uma temperatura média de 36 graus. Em dias de muito calor ou com a prática de exercícios físicos, por exemplo, essa temperatura tende a subir um pouco mais. 

Nesse caso, suar ajuda a regular a temperatura do corpo, porque evita o superaquecimento e também resfria a superfície do corpo, quando evapora. Além disso, o suor é composto por sódio, uréia e ácido úrico, entre outros componentes, o que também mostra a eliminação de ativos tóxicos para o corpo. 

Alumínio e parabenos podem provocar alergias e outras reações

Também por conta da sua composição e pela presença de possíveis bactérias que interagem no corpo, o suor pode provocar mau cheiro e até mesmo molhar e manchar as roupas. É por isso que, em alguns casos, o desodorante normal não dá conta e muitos preferem a opção antitranspirante. 

Porém, para ter o resultado esperado, o antitranspirante tradicional é composto por alumínio, responsável por inibir as glândulas do suor. Assim como os parabenos, o cloreto de alumínio é cercado de polêmicas. E por isso o desodorante antitranspirante pode fazer mal.

De acordo com o FDA, órgão regulador dos Estados Unidos, pessoas com problemas renais podem ter reações graves com o uso do produto. Além disso, apesar de não ter nenhuma comprovação científica até o momento, o alumínio também já entrou na lista de possíveis fatores para câncer de mama. 

Preciso parar de usar desodorante antitranspirante, se faz mal?

Se diante das informações acima, você está se questionando se deveria parar ou não de usar a antitranspirante, a resposta é: depende. Existem outras opções mais naturais e mais seguras, que não agridem e nem interferem no funcionamento normal do corpo. Além disso, você pode deixar o desodorante de lado em momentos específicos e deixar a sua pele respirar um pouco. O importante é repensar o consumo e ver o que é melhor para você. 

Vale ressaltar que não estamos falando aqui de uma transpiração excessiva, como a hiperidrose. Nesses casos, o suor independe de fatores externos para acontecer e pode gerar transtornos, interferir na autoestima e até mesmo na qualidade de vida. Por isso, para quem sofre com essa situação, o ideal é procurar um profissional capacitado para te ajudar, combinado? 

Foto de capa: Pexels

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade