Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Barbados é oficialmente uma república e nomeia Rihanna como heroína nacional do país

Rihanna é homenageada em Barbados e recebe título de heroína nacional

Após anos sob domínio da monarquia britânica, Barbados se tornou república e anunciou primeira presidente. Na cerimônia, cantora Rihanna foi nomeada heroína nacional. Confira!

publicidade

publicidade

Rihanna é homenageada em Barbados e recebe título de heroína nacional

Após anos sob domínio da monarquia britânica, Barbados se tornou república e anunciou primeira presidente. Na cerimônia, cantora Rihanna foi nomeada heroína nacional. Confira!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Barbados é oficialmente uma república e nomeia Rihanna como heroína nacional do país

publicidade

publicidade

Após quase 400 anos sob o poder da monarquia britânica, o reino de Barbados se tornou oficialmente uma república. Além disso, a nação caribenha também conquistou outro feito: elegeu sua primeira presidente. Quem ocupa o cargo é Sandra Mason, respeitada ex-jurista de 73 anos e ex-representante da rainha Elizabeth II.

Rihanna ganha título de heroína nacional em Barbados

E não parou por aí: nascida na capital de Barbados, Rihanna também não ficou de fora da celebração. Durante a cerimônia, a primeira-ministra Mia Mottley homenageou a cantora e a nomeou heroína nacional do país, citando até um trecho de uma de suas músicas mais famosas. Confira!

Ministra cita “Diamonds” ao nomear Rihanna como heroína nacional de Barbados

Ainda que tenha proclamado independência dos britânicos há 55 anos, Barbados estava sob a chefia da rainha Elizabeth II. Por isso, a noite de segunda-feira, dia 29, marcou um momento histórico para o país. Após quase 400 anos em poder da monarquia, a nação caribenha foi proclamada, oficialmente, uma república. A cerimônia de transição contou com uma exibição deslumbrante de fogos de artifício e música.

Por falar em música, a cantora Rihanna, nascida e criada na capital Bridgetown, também esteve presente no evento. Isso porque quem acompanha sua trajetória sabe que Rihanna sempre prestigiou e ajudou sua cidade natal após a fama, o que foi devidamente reconhecido pela primeira-ministra Mia Mottley.

Ao fazer o discurso de anúncio em homenagem à cantora, Mia usou uma citação de “Diamonds”, hit de Rihanna lançado em 2012. “Que você possa continuar brilhando como um diamante e honrar sua nação com suas palavras, suas ações, por onde quer que você vá”, declarou a primeira-ministra.

Rihanna nasceu em Saint Michael e cresceu na capital Bridgetown antes de se mudar para os Estados Unidos para, então, seguir carreira musical. Assim, ela se tornou a segunda mulher declarada como heroína nacional de Barbados, e a 11ª pessoa no total.

Princípe Charles representa família Real em celebração

O príncipe Charles, o herdeiro do trono britânico, estava presente enquanto Barbados celebrava o fim de seus laços formais com a rainha Elizabeth II.  De acordo com ele, a criação da república “oferece um novo começo”, e sua mãe enviou à ilha seus “votos mais calorosos”.

“Desde os dias mais sombrios de nosso passado e a terrível atrocidade da escravidão que mancha para sempre nossa história, o povo desta ilha abriu seu caminho com extraordinária firmeza”, disse Charles em comunicado.

No século 17, Barbados foi reivindicada pelos britânicos. Nesse sentido, o país se tornou uma colônia lucrativa com o trabalho de centenas de milhares de pessoas trazidas como escravas da África. Do mesmo modo, tornou-se um importante centro de produção de açúcar. Assim, a mercadoria, cada vez mais importante, ajudou a enriquecer os proprietários de escravos britânicos.

Atualmente, a população da ilha é composta principalmente de descendentes de pessoas trazidas como escravos da África para trabalhar nas plantações.

Sandra Mason é a primeira presidente de Barbados

Além da destituição de rainha Elizabeth do posto de chefe de Estado, Barbados ganhou sua primeira presidente: Sandra Mason. A chefe de Estado fez um juramento ao cargo na capital do país, Bridgetown e disse ser fiel e leal, “de acordo com a lei, com a ajuda de Deus”. Por fim, o estandarte real foi substituído pela bandeira presidencial.

Mason começou a carreira como professora, secretária e também atuou como advogada, até finalmente se tornar governadora geral e uma representante perante a rainha Elizabeth II, em 2018. Além disso, a chegada de Sandra ao poder também reforça mais uma vitória feminina.

Foto de capa: Reprodução Instagram / @badgalriri

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade