Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Mari Gonzalez lembra assédio no “BBB20” e machismo no “Pânico na TV”

Mari Gonzalez lembra assédio no “BBB” e machismo no “Pânico na TV”

Mari Gonzalez recorda participação no "BBB20" e trajetória no 'Pânico na TV": "Existiam situações que vivíamos ali que era falta de respeito". Confira!

publicidade

publicidade

Mari Gonzalez lembra assédio no “BBB” e machismo no “Pânico na TV”

Mari Gonzalez recorda participação no "BBB20" e trajetória no 'Pânico na TV": "Existiam situações que vivíamos ali que era falta de respeito". Confira!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Mari Gonzalez lembra assédio no “BBB20” e machismo no “Pânico na TV”

publicidade

publicidade

Mari Gonzalez foi uma das participantes mais icônicas do “Big Brother Brasil 20”. Dona de uma personalidade alto astral e bem-humorada, a influenciadora teve o reconhecimento nacional através do reality show.

“A amplitude e a visibilidade é gigantesca. Eu entrei com 3 milhões de seguidores e sai com 10 milhões. Para mim já foi um baque. Quanto mais seguidores, mais responsabilidades. Não sai com muito hate, graças a Deus. Sai num momento bom. Se você sai num momento ruim, você está lascada”, comentou.

Mari Gonzalez reconhece machismo no “Pânico na TV”

No entanto, foi como panicat, no programa “Pânico na TV”, que Mari Gonzalez deu os primeiros passos na televisão. “Não era uma coisa que imaginava, mas aconteceu. E tudo na minha vida eu acredito que tenha um propósito. Se eu estou nesse lugar, é onde eu preciso estar e me sinto feliz. Fui aproveitando as oportunidades…”, disse.

No entanto, a atração foi acusada de atos homofóbicos, machistas, colocar mulheres em meio a situações humilhantes e de propostas indecentes.  Em uma entrevista à “Glamour”, ela reconhece as polêmicas do extinto programa:  “Eu consigo enxergar, sim: existiam situações que vivíamos ali que não eram legais, era falta de respeito. No entanto, parece que na época, quando eu vivia isso, não era tão visível para mim. Hoje consigo enxergar, entender…”.

Mari Gonzalez recorda assédio no “BBB20”: “Situação difícil”

Além disso, Mari Gonzalez recordou os assédios que sofreu. Um caso deles aconteceu dentro da casa mais vigiada do Brasil, quando os brothers Lucas e Petrix tramaram “um plano” para desestabilizar as mulheres comprometidas. Após descobrir tudo, a ex-BBB se sentiu objetificada.

Toda mulher já passou por um assédio algum dia. Lembro a época da faculdade. Teve uma fase que não gostava de ir. Pegava ônibus lotado e os caras ficavam se encostando em mim. Já tiveram vários momentos, piadas, brincadeiras, no BBB mesmo passei por uma situação difícil. Um dos meninos queria usar meu namoro para dar em cima de mim e me prejudicar no jogo…”, lamentou.

Segundo Mari Gonzalez, foi passando pelas vivências que ela conquistou mais maturidade. “Quando é para acontecer, as coisas acontecem. Sou uma pessoa que gosto de estar sempre alegre, positiva, mas na minha trajetória aconteceu muita coisa. Era imatura quando cheguei em São Paulo, não tinha experiência de nada e aprendi na prática. No ‘BBB20’ aprendi muito também, principalmente, sobre feminismo. Parece que eu já tinha vivido várias situações, só que não entendia tão bem”, refletiu.

“Tenho problema da pessoa falar mentira sobre mim”

Por fim, quando o papo foi sobre relação com as redes sociais, Mari Gonzalez contou que lida as críticas com terapia.

“Tenho que aceitar que não é todo mundo que vai me achar legal ou curtir meu trabalho. Eu tenho um certo problema com crítica, mas não com a crítica construtiva, mas de a pessoa falar uma mentira sobre mim. Eu fico mal porque não quero que a pessoa fale. Isso é uma coisa que trabalho. Todos esses sentimentos que a galera sente, eu também sinto. Se eu falar para você que nunca me comparei com alguém ou que nunca pensei se poderia fazer algo melhor, estaria mentindo”, confessou.

Foto de capa: reprodução / Instagram @marigonzalez / @edgarazevedo

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Rahabe Oliveira

Rahabe Oliveira

Depois de um bom tempo atuando como redatora, cravei que essa era a minha paixão. Abri mão da minha zona de conforto e passei a escrever sobre variados temas em home office, acompanhada do meu café quentinho e seriados!

publicidade