Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Gordofobia médica: paciente descobre que gordura apontada por médico era câncer de mama

Gordofobia médica: paciente descobre que “gordura” era câncer de mama

Vítima de gordofobia, a paciente Edileny Mayre descobre câncer de mama em estágio avançado, após médico dizer que nódulo era gordura. Entenda caso!

publicidade

publicidade

Gordofobia médica: paciente descobre que “gordura” era câncer de mama

Vítima de gordofobia, a paciente Edileny Mayre descobre câncer de mama em estágio avançado, após médico dizer que nódulo era gordura. Entenda caso!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Gordofobia médica: paciente descobre que gordura apontada por médico era câncer de mama

publicidade

publicidade

Um caso de gordofobia médica resultou em um diagnóstico de câncer em Cuiabá, no Mato Grosso. Isso porque, ao sentir fortes dores no seio direito, Edileny Mayre ouviu do médico, na primeira consulta em posto de saúde, que a solução do seu problema estava em emagrecer logo.

De acordo com informações do “G1”, cerca de três meses depois, a paciente continuou a reclamar do incômodo e foi levada ao Hospital do Câncer, retirando as duas mamas.

Médico alegou que nódulo no seio era gordura

Primeiramente, Edileny Mayre relatou que sentiu as dores quando sua filha apoiou a cabeça nos seus seios, em 2019. Na consulta, o médico fez o pedido de ultrassonografia e uma mamografia. No entanto, mesmo após exames, alegou que o nódulo presente se tratava de uma gordura e que, em questão de tempo, iria sumir.

Depois, em uma segunda tentativa, Edileny Mayre foi em outra unidade médica, que também afirmou que “não era nada”, apenas gordura. A mulher não queria ficar com o nódulo e tentou marcar uma cirurgia.

No entanto, o profissional receitou apenas um remédio e alertou que ela poderia ficar com uma grande cicatriz. “Fui para casa e com o passar dos tempos, os meus seios cresceram muito e começaram a doer. Até perdi o movimento do braço direito”, contou.

Mãe foi em 2 médicos diferentes e ambos disseram que câncer era gordura. Foto: reprodução G1

Câncer de mama entra em estágio avançado

Três meses depois, Edileny Mayre decidiu voltar ao posto de saúde e o médico a encaminhou para o Hospital do Câncer. Por fim, o diagnóstico revelado foi um câncer de mama em estágio já avançado. 

“Comecei a fazer radioterapia e tive que parar de novo para retirar o útero, as trompas e o ovário. E quando saí do hospital, tive que voltar no outro dia para fazer a última radioterapia. Fiz a cirurgia e comecei a fazer quimioterapia. Na sétima sessão apareceu outro nódulo no seio esquerdo. E então parei com a quimioterapia”, declarou. 

Edileny Mayre: câncer se espalhou pelo corpo após diagnóstico errado. Foto: reprodução G1

Edileny Mayre procurou ajuda financeira ao fazer uma segunda biópsia e o resultado do exame apontou que a doença havia se espalhado por outros órgãos de seu corpo. De acordo com a vítima da gordofobia médica, ela vai atrás de uma indenização por conta dos diagnósticos prematuros e errados dos médicos, que apontaram uma gordura:

“Eu e meus filhos choramos muito, mas muito mesmo. Tento ser forte o tempo todo para transmitir segurança para eles. Gostaria de ter uma doação para terminar minha casa porque até o momento estou morando com minhas duas irmãs”, completou.

Foto de capa: Divulgação / Unsplash

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade