Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Eliana avalia chegada dos 50 com plenitude: “Estou me curtindo”

Eliana comentou sobre a autoaceitação aos 50 anos e o processo natural do envelhecimento: "Está tudo bem ter imperfeições".

publicidade

publicidade

Eliana avalia chegada dos 50 com plenitude: “Estou me curtindo”

Eliana comentou sobre a autoaceitação aos 50 anos e o processo natural do envelhecimento: "Está tudo bem ter imperfeições".
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Eliana avalia chegada dos 50: "Estou na plenitude e com autoaceitação"

publicidade

publicidade

Eliana vai comemorar seus 50 anos em 2022. Segundo a apresentadora do SBT, esta é uma fase muito segura e que ela quer celebrar. “Estou na plenitude e com autoaceitação. Estou me curtindo, feliz com a família que eu construí, vivo um momento profissional incrível e também como mulher”, disse. 

Em entrevista à “Quem”, Eliana disse acreditar que toda mulher nasce condicionada a alguns padrões e comemora que essa imposição esteja sendo quebrada ao longo dos anos.

“Relaciono o envelhecer à vida. Se você não envelhece, você morre cedo. Eu amo viver e, inevitavelmente, vou envelhecer. A gente tem que parar de se cobrar por isso. Envelhecer tem a ver com viver e aceitar sua vida como ela é, como ela está, aceitar o seu momento e vivê-lo na plenitude. Acho que é isso que eu estou vivendo”, declarou.

“É um exercício parar de se cobrar para estar nos padrões”

Em dezembro do ano passado, Eliana foi fotografada de biquíni por um paparazzi enquanto estava em momento de fazer com sua família. De início, a artista sentiu sua intimidade violada e lamentou a exposição do corpo sem permissão. No entanto, tempos depois, disse ter sido dominada pelo sentimento de liberdade.

“Vamos normalizar que aquele é o corpo de uma mulher e é o meu templo. Por que vou ficar receosa? Por que vou esconder? Foi libertador porque foi como se eu tirasse aquela imagem da perfeição e me aceitasse como realmente sou”, comentou ela, que já fez plástica, mas é adepta do movimento corpo livre.

Em seguida, ela continuou sobre o episódio: “Foi como renunciar à imagem de perfeição. Vivo um momento de muita autoaceitação. Foi libertador me livrar da pose, afinal eu controlo aquilo que eu posto. Controlo aquilo que vai pro ar. Controlo no sentido de escolher o melhor ângulo, a roupa. Naquele momento, fui pega de surpresa. Depois, até agradeci. No momento, veio aquela sensação de não concordar, mas depois veio a sensação de que está tudo bem. Está tudo bem ter imperfeições. Temos que normalizar as imperfeições e parar de nos cobrar tanto. É um exercício parar de se cobrar para estar nos padrões que foram estabelecidos. Quanto mais genuíno for, melhor”.

Eliana quer ser exemplo de empoderamento feminino à filha

Eliana veio de uma família de mulheres empoderadas. Mãe de Arthur e Manuela, a apresentadora tem ficado cada vez mais interessada para as causas feministas para ser um exemplo para a caçula. 

“Minha mãe e minha avó não tinham o discurso, mas eu notava como elas faziam acontecer. Elas foram meus exemplos de empoderamento. Acho que Manuela e a filha da Manuela também crescerão com estes valores. O que diferencia é que hoje há uma maior rede de apoio entre as mulheres e, antigamente, não era assim. Hoje, a gente discute a sociedade aspectos da sociedade patriarcal, machista e ajuda uma a outra. Por anos, fomos induzidas a acreditar que mulher não pode confiar em mulher”, completou.

Foto de capa: reprodução / Instagram @eliana

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade