Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Dizer “não”: por que é importante pôr em prática?

Muitas de nós hesitamos em dizer "não" aos outros, mas esse pode ser o caminho para uma vida mais simples e mais feliz. Dicas!

publicidade

publicidade

Dizer “não”: por que é importante pôr em prática?

Muitas de nós hesitamos em dizer "não" aos outros, mas esse pode ser o caminho para uma vida mais simples e mais feliz. Dicas!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Dizer "não": por que é importante pôr essa habilidade em prática

publicidade

publicidade

Como pode apenas três letras parecerem tão complicadas e erradas de se pronunciar? Para muitos de nós, dizer “não” acaba se tornando uma tarefa difícil, mas equilibrar o que se quer com o que tem que ser feito deixa a vida bem mais descomplicada e agradável. Por isso, aplicar o “não” de forma eficaz é uma habilidade importante a ser colocada em prática.

Segundo o escritor Paulo Coelho, quando você diz “sim” aos outros, é preciso primeiro se certificar que não está dizendo “não” a si mesmo. Em outras palavras, quando perceber que se tornar uma prioridade é essencial para cumprir bem seus deveres e responsabilidades, você começa a se valorizar mais. Isso traz clareza em seus pensamentos e fica mais fácil defender suas escolhas.

Nesse sentido, seu apoio, gentileza e sintonia com as necessidades dos outros são admiráveis, mas não quando implicam a perda de si mesmo. Assim, sua autenticidade acabará se perdendo se estiver continuamente se curvando para atender às necessidades dos outros.

Tire a culpa ao dizer “não”

Se dizer “não” é algo novo, você precisa se sentir confortável com a ideia de que vai se sentir culpada a princípio. Quando a culpa vier, reconheça-a gentilmente como ela é e siga em frente com o que estiver fazendo.

Aprender a dizer “não” sem se sentir culpada lhe dá o benefício de minimizar o estresse e a sobrecarga em sua vida, além da paz de espírito de saber que está fazendo a coisa certa. A chave para facilitar é entender que mostrar suas prioridades não faz de você uma pessoa rude, imprudente ou até mesmo má. Ao contrário disso, ganhará respeito por destacar a convicção dos seus valores, clareza em seus pensamentos e a força de caráter, além de facilitar sua vida, claro.

Como não parecer rude?

Dizer “não” antecipadamente é mais educado do que concordar com algo sem ter a intenção de seguir adiante. Isso mostra que você respeita o tempo do outro e o direito de explorar outras opções também. Outro ponto é que fica mais fácil é criar limites saudáveis.

Por isso, seja clara sobre suas prioridades, recursos, tempo e energia para te ajudar a analisar as solicitações de maneira mais objetiva. Diga “sim” às coisas que está convencida e se comprometa dentro da sua capacidade. Para não parecer rude, use voz assertiva, mas dê atenção para que a pessoa não se sinta menosprezada.

Nosso cérebro está programado para escolher sempre o caminho mais fácil e, por isso, dizer “não” pode causar ansiedade e constrangimento. Portanto, continue praticando para que não tenha muito esforço.

Por fim, não deixe que as pessoas gerenciem seu tempo, energia e emoções esperado que você diga “sim” o tempo todo. Se valorize e crie limites para impedir que outros gerenciem seu tempo à sua maneira. Aprender a dizer “não” é uma habilidade crucial para a vida e vai desordenar muita complicação. Além disso, não se trata de se tornar egoísta, mas decidir fazer coisas que realmente te faz feliz. Pratique!

Foto de capa: Divulgação Unsplash

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Rahabe Oliveira

Rahabe Oliveira

Depois de um bom tempo atuando como redatora, cravei que essa era a minha paixão. Abri mão da minha zona de conforto e passei a escrever sobre variados temas em home office, acompanhada do meu café quentinho e seriados!

publicidade