Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Mitos e verdades sobre depilação

Depilação: mitos e verdades sobre a remoção dos pelos

A depilação é a escolha de muitas pessoas para remover os pelos em diferentes áreas do corpo. Saiba o que é mito e o que é verdade entre as técnicas mais comuns!

publicidade

publicidade

Depilação: mitos e verdades sobre a remoção dos pelos

A depilação é a escolha de muitas pessoas para remover os pelos em diferentes áreas do corpo. Saiba o que é mito e o que é verdade entre as técnicas mais comuns!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Mitos e verdades sobre depilação

publicidade

publicidade

A depilação ainda é considerada tabu e, para muitas mulheres, retirar os pelos é uma questão de higiene e feminilidade. Ou seja, um item obrigatório na rotina de beleza. Antes de mais nada, vale lembrar que ter pelos é natural. Eles protegem contra o frio, radiação solar, infecções e também diminuem o atrito com a pele. No entanto, depilar ou não é uma escolha.

Existem diferentes métodos de depilação: o que é mito? O que é verdade?

Quem faz depilação sabe que existem diferentes métodos para tirar os pelos. Por isso, é importante saber quais deles são seguros e eficazes. Será que a lâmina faz os pelos crescerem mais rápido? O tratamento a laser pode queimar a pele? Veja alguns mitos e verdades sobre o procedimento.

A cera pode fazer os pelos crescerem mais finos?

É verdade! Se você optou por fazer sua depilação a cera, pode ter notado que, com o passar do tempo, os pelos tenham ficado mais finos. Isso acontece porque a cera remove os fios pela raiz e a frequência do método interfere no formato do pelo. Em alguns caso, ele pode perder a força e até parar de crescer.

No entanto, essa não é uma verdade absoluta, porque cada corpo é um corpo. Tem pessoas que passam anos fazendo depilação a cera e os pelos crescem do mesmo jeito.

O pelo fica mais escuro ou mais grosso com lâmina?

Esse é um do mitos mais comuns em relação a depilação. Isso acontece por conta da sensação do pelo quando ainda está crescendo. A lâmina sé remove o pelo na superfície e, por isso, não afeta nem a cor nem a espessura. Se você deixar o pelo crescer completamente, vai notar que ele estará igual ao original. Por estar mais curto, pode parecer um pouco mais grosso.

Depilação a laser é mais eficiente para quem tem pelos encravados?

É verdade! Se compararmos a depilação a cera com a lâmina, a primeira tende a causar mais pelos encravados. Isso porque, como dito anteriormente, os fios mais fracos e finos não conseguem romper a barreira da pele. Nesse caso, a dica é fazer uma suave esfoliação para abrir essa passagem.

No entanto, a depilação a laser elimina o problema de pelos encravados pela raiz – literalmente. É que a técnica destrói os folículos capilares de uma forma mais precisa e direcionada.

A depilação a laser remove os pelos de forma definitiva?

De fato, entre os variados métodos de depilação, o laser é o mais duradouro. No entanto, é mito quando dizem que nunca mais você vai ter pelos na área depilada. Isso porque, logo nas primeiras sessões, a diferença é visível, mas são necessários no mínimo de 5 a 6 sessões para o efeito total.

Além disso, esse efeito não é definitivo. Ainda que você fique sem pelos por anos – e isso também varia de pessoa para pessoa – uma hora eles voltam a crescer.

Nem todo mundo pode fazer depilação a laser

É verdade! Assim como todo procedimento estético, a depilação a laser também tem restrições. Por isso, desconfie de promoções milagrosas e procure sempre locais que trabalhem com responsabilidade e ética. Você sabia que o método não funciona em quem tem pelos grisalhos? Isso porque o laser é projetado para atingir a melanina, pigmento presente na raiz dos fios. Ou seja, quanto mais escuro ele for, mais fácil de reconhecê-lo.

A tecnologia hoje em dia já avançou bastante e aparelhos modernos já até conseguem captar fios mais claros, como castanhos, loiros e ruivos, mas, de novo, é preciso muita informação para ter certeza. Além disso, não é um método barato e, quanto mais avançado, mais caro ele tende a ser.

Além disso, a depilação a laser também é contraindicada para grávidas, lactantes e pessoas que lidam com doenças de pele, como psoríase. Por outro lado, falou-se muito que pessoas negras não podiam fazer esse tipo de depilação, mas atualmente, com a evolução da tecnologia, isso já é mito.

Cremes clareadores e depilatórios são práticos e 100% seguros

Eles podem ser até mais práticos, mas é mito pensar que são totalmente seguros, porque isso depende muito de quem vai usá-los. Por serem produtos químicos e abrasivos, pessoas com a pele mais sensível, inflamada ou com alguma doença de pele podem sofrer reações, até mesmo mais graves. Melhor evitar!

Por fim, vale reforçar que você precisa se sentir confortável com o tipo de depilação escolhida. Além disso, quando se trata de pele, sempre consulte um dermatologista. Nada de ficar com dúvidas! Os profissionais possuem experiência e conhecimento científicos para te ajudar a escolher o melhor método para o seu tipo de pele.

Foto de capa: Pexels

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade