Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Como não ser gordofóbica com uma pessoa gorda?

Como não ser gordofóbica com uma pessoa gorda? Dicas!

Como não ser gordofóbica em uma sociedade que nos faz acreditar constantemente que o corpo gordo é inadequado? Dicas!

publicidade

publicidade

Como não ser gordofóbica com uma pessoa gorda? Dicas!

Como não ser gordofóbica em uma sociedade que nos faz acreditar constantemente que o corpo gordo é inadequado? Dicas!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Como não ser gordofóbica com uma pessoa gorda?

publicidade

publicidade

A gordofobia está profundamente enraizada em nossa sociedade. Por isso, infelizmente, muita gente não vê problema em fazer comentários a respeito da forma física do outro ou disparar julgamentos, em um tom velado, disfarçado de “preocupação com a saúde”. Mas você precisa mesmo se preocupar com isso? Como não ser gordofóbica? Entenda o conceito de gordofobia e veja algumas dicas que podem te ajudar!

Saiba o que é a gordofobia e como identificá-la

Gordofobia refere-se à discriminação, preconceito e estereótipos negativos dirigidos às pessoas gordas e seus corpos. Também chamado de estigma de peso, o termo aborda às muitas crenças, comportamentos e atitudes que cercam a cultura gordofóbica enfrentada por pessoas com o corpo fora do padrão.

A gordofobia pode ser abertamente maldosa, como em publicações em redes sociais, fazendo body shaming com alguém ou em declarações preconceituosas feitas por figuras públicas. E você sabia que de forma mascarada também rola? Aquele tipo de conselho – que ninguém pediu – sobre perda de peso que “amigos” ou familiares vivem te enchendo também são exemplos de gordofobia.

Como não ser gordofóbica? Dicas simples que podem ajudar!

Pode ser que você já tenha sido gordofóbica com alguém ou até com você mesma. Mas sempre dá tempo de fazer uma autoavaliação e não repetir preconceitos. Além disso, uma pessoa com empatia e vontade de aprender pode fazer um mundo de diferença. Para que comece a mudança contra a gordofobia, listamos algumas dicas que você já pode colocar em prática.

Não tenha medo da palavra “gorda”

Gorda é apenas um termo para designar uma característica física. Assim como “magra” não é elogio, chamar alguém de “gorda” não deveria ser considerado uma ofensa. No entanto, o uso foi distorcido e muita gente usa o adjetivo para criticar, ofender e destilar preconceito em um corpo fora do que é considerado padrão. Que tal normalizar o termo e perder o medo da palavra “gorda”?

Para não ser gordofóbica, ouça pessoas gordas

Você tem amigos gordos? Você segue pessoas fora do padrão nas redes sociais? Esse é um bom começo para entender como não ser gordofóbica no dia a dia. Seja para compartilhar uma experiência vivida, seja para entender as angústias e os medos de quem sofre com a gordofobia, escute o que as pessoas gordas têm a dizer. Saia da bolha!

Ser gorda não significa falta de cuidados com a saúde. Leia de novo!

Sim, é possível ser uma pessoa gorda e também ser extremamente saudável. O problema é que a cultura da dieta e gordofóbica sempre nos fez acreditar que ser magro é sinônimo de saúde, mas isso não é verdade. Saúde tem a ver com alimentação equilibrada, prática de exercícios e uma série de fatores que só uma aparência física não é capaz de determinar. Reflita sobre o seu preconceito e o seu pré-julgamento.

Pessoas gordas sofrem por falta de acesso ao básico

A gordofobia vai muito além de um comentário sobre o corpo alheio. Pessoas gordas são excluídas da sociedade, já que falta acesso ao básico. Não passar na catraca do ônibus, não ter equipamentos médicos adequados para fazer um exame, não encontrar roupas – nem mesmo em lojas plus size – ou ainda não ter uma cadeira adequada para se divertir com os amigos em um barzinho são situações que pessoas magras não têm que se preocupar, mas a pessoa gorda sim. Injusto, não?

Por isso, para não ser gordofóbica, o primeiro passo é reconhecer que não é fácil, já que tudo ao redor nos faz acreditar que ser gordo é um problema, é uma doença a ser curada, é um corpo que precisa ser mudado. Mas não é impossível! Vamos juntas repensar essa estrutura e remexer os padrões!

Foto de capa: Pexels

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade