Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Cantora da banda Mastruz com Leite denuncia abuso de colega: “Tocando meu corpo”

Cantora denuncia assédio por colega de banda: “Tocando meu corpo”

Vocalista da banda de forró Mastruz com Leite, Larissa Ferreira denunciou abuso cometido por colega enquanto dormia: "Ninguém tem o direito de tocar uma mulher se ela não deixar". Veja caso!

publicidade

publicidade

Cantora denuncia assédio por colega de banda: “Tocando meu corpo”

Vocalista da banda de forró Mastruz com Leite, Larissa Ferreira denunciou abuso cometido por colega enquanto dormia: "Ninguém tem o direito de tocar uma mulher se ela não deixar". Veja caso!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Cantora da banda Mastruz com Leite denuncia abuso de colega: “Tocando meu corpo”

publicidade

publicidade

Larissa Ferreira, vocalista da banda Mastruz com Leite, denunciou assédio que sofreu por um integrante da sua equipe. Na noite da última terça-feira (04), a cantora surgiu bastante abalada pelo Instagram ao relatar o abuso sexual que ocorreu dentro de sua própria casa depois de uma pequena confraternização.

Primeiro, Larissa Ferreira relembrou os momentos que antecederam o crime. A cantora contou que ela e o marido, Jean, convidaram o colega para dormir na casa deles, em Fortaleza, depois de conversarem e beberem cerveja juntos. Ainda de acordo com seu relato, os dois estavam cansados pós-viagem e o músico acabou dormindo no mesmo quarto que eles. “Já começa errado por aí. Ele ficou na redinha da minha filha. Era pra ter tido coerência, já que aqui tem mais dois quartos”, disse.

Larissa Ferreira relata assédio: “Segurando minha mão nas partes íntimas”

A partir daí, a artista disse que foi tocada e beijada. Larissa Ferreira explicou que não conseguiu ter reação com medo que o marido, Jean, tomasse alguma atitude que o pudesse prejudicar.  

“Senti uma pessoa tocando no meu corpo, beijando meu rosto, me cheirando e segurando minha mão nas partes íntimas dela. E eu deitada na minha cama, no meu quarto, com meu marido do lado. A pessoa abusou de mim, estava me assediando, um companheiro de trabalho. Eu me mexi, mas não abri o olho em nenhum momento. Eu sabia que se eu desse alarme, Jean ia matar esse homem aqui dentro de casa. Senti que ele saiu de perto”, continuou.

Larissa Ferreira desenvolveu ansiedade: “Gatilho”

Em seguida, a integrante do Mastruz com Leite contou que levou tempo para contar para o marido e acabou desenvolvendo uma crise de ansiedade. “Não sabia se ele iria me entender, se iria atrás tirar satisfação. Só sei que fiquei com uma crise grande de ansiedade. Passei a semana todinha vomitando. Não tive coragem, até que me abri. A primeira pessoa que falei foi a Mara [colega de banda]. Ela até cogitou de eu não falar para o Jean, com medo dele fazer uma merd* grande, mas aquilo estava me comendo por dentro. Não ia conseguir ficar no mesmo ambiente que esse homem. Estou em tempo de morrer de ansiedade esses dias”, desabafou.

A revelação aconteceu horas antes de Larissa Ferreira ter que viajar com sua banda de forró para fazer um show. A cantora afirma que teve apoio dos fãs, mas que precisou fazer a apresentação por outra vocalista estar ausente. “Aguentei, fiquei à base de remédio controlado”, explicou.

Por fim, Larissa Ferreira reforçou que nenhuma mulher tem culpa de ser vítima de assédio e lamenta a covardia: “Ninguém desconfiava dele, ele era uma pessoa calma, calada, mas o cara foi capaz de fazer isso. Eu estava vestida, e mesmo que eu estivesse nua, ninguém tem o direito de tocar numa mulher se ela não deixar. (…) Estou com vergonha e enojada, e sei que não tenho culpa… eu já tenho outras marcas, já passei por outras coisas quando era adolescente, mas isso foi um gatilho pra eu cair de vez”, finalizou, alertando para a importância da denúncia. “Não deixar que esses doentes fiquem impunes”.

Banda repudia abuso contra vocalista

Em nota, a assessoria da banda Mastruz com Leite informa que se solidariza com Larissa Ferreira e que repudia qualquer forma de assédio contra as mulheres. Além disso, providências sobre o abusador estão sendo tomadas. Veja comunicado na íntegra:

“Nós, da banda Mastruz com Leite, nos solidarizamos à nossa cantora Larissa Ferreira, que relatou em suas redes sociais ter sofrido assédio em sua casa, por outro integrante da banda. A empresa já está tomando as medidas quanto ao músico e está providenciando apoio à cantora, que está fragilizada, mas acolhida pela família e amigos. A Banda Mastruz com Leite reforça que repudia toda e qualquer forma de abuso contra mulheres, seja físico, psicológico ou sexual. Seguimos dando assistência e oferecendo suporte para Larissa”.

Foto de capa: Reprodução Instagram / @larissaferreiraoficial_

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade