Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Bruna Marquezine lembra crise profissional: “Será que um dia fui atriz?”

Após conquistar papel no filme de "Besouro Azul", da DC Comics, Bruna Marquezine disse que por anos foi reduzida à "namorada do Neymar" e isso abalou sua confiança como atriz. Leia desabafo!

publicidade

publicidade

Bruna Marquezine lembra crise profissional: “Será que um dia fui atriz?”

Após conquistar papel no filme de "Besouro Azul", da DC Comics, Bruna Marquezine disse que por anos foi reduzida à "namorada do Neymar" e isso abalou sua confiança como atriz. Leia desabafo!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Bruna Marquezine lembra crise de identidade profissional e confiança abalada por rótulo de "namorada do Neymar"

publicidade

publicidade

Bruna Marquezine percorreu um longo caminho de muito estudo e dedicação ao longo da carreira. No entanto, prestes a estrear com destaque no filme “Besouro Azul”, da DC Comics, a atriz confessou ter enfrentado nos últimos anos uma crise de identidade profissional. 

Nesse meio tempo, Bruna Marquezine disse que deixou de se considerar atriz e até recusou alguns projetos: “Não era drama. Pensava, ‘será que um dia já fui [atriz], porra?’. Por que é tão difícil mostrar que sou assim? Por que fazem isso, se unem para bater numa pessoa que está lutando?”.

Além disso, refletiu: “Fui uma das poucas crianças que fechou com a Globo e tive contrato fixo até sair de lá. Começava a acreditar que minhas conquistas não eram boas o suficiente, que eu não era digna daquele lugar, que eu só era boa quando era criança e depois disso eu enganei e fui levando as pessoas no carisma. Foram anos vendo as pessoas fazendo eu duvidar do meu valor, do meu esforço”, disse ela, que encerrou contrato com a emissora há dois anos.

“Vi gente achando legal quando era diminuída a namorada do Neymar”

O rótulo de “namorada do Neymar” também foi um fator que afetou Bruna Marquezine durante o tempo em que os dois se relacionaram. Além disso, a fashionista, questionada por seios à mostra em Semana de Moda, revelou ao jornal Folha de São Paulo que existiram tentativas de sabotagem no meio artístico contra ela.

“Vi coisas acontecendo, vi gente querendo me sabotar, se unindo para fomentar ódio, achando legal quando eu era diminuída a namorada do Neymar mesmo tendo visto de perto minha trajetória”, lamentou.

Em outras palavras, Bruna Marquezine acrescentou: “Naquela época ninguém falava de feminismo, então, era tudo bem uma menina ser resumida a um namoro com uma pessoa famosa. Ninguém reclama disso, mas doía em algum lugar, e eu mesma não sabia como reverter essa sensação”.

Atualmente, Neymar namora a empresária Bruna Biancardi. Vítima de ataques pelo namoro, ela se manifestou nas redes sociais, pedindo pelo fim da rivalidade feminina e comparações com Marquezine.

Bruna Marquezine abraça a causa feminista e a luta pela igualdade

Em outro momento, Bruna Marquezine já havia falado sobre a importância do feminismo e a luta pela igualdade. Assim que percebeu que era vítima diária de uma cultura machista, ela começou a entender e ouvir mais sobre o assunto: “Mais do que isso, percebi que outras mulheres passam constantemente por casos trágicos e histórias irreversíveis por conta dessa cultura”.

“Hoje vejo que cada vez mais essas pautas estão sendo discutidas e, pouco a pouco, colocadas em prática. Fico me perguntando sobre quem ainda não abraçou o feminismo, sobre o porquê de isso ainda não ter acontecido. Abraçar essa causa, além de protestar, é um exercício diário, é uma luta pela igualdade”, declarou.

Por fim, agora solteira, Bruna Marquezine diz que está aliviada porque, assim, ninguém pode atribuir sua chegada à DC a “homem nenhum no mundo”.

Foto de capa: reprodução / Instagram @brunamarquezine / @joaokopv

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade