Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Ator de Bridgerton, Jonathan Bailey escondeu sexualidade por pressão

Jonathan Bailey, protagonista da segunda temporada de "Bridgerton", revelou ter escondido ser gay para não perder papéis: "Achava que para ser feliz precisava ser hétero".

publicidade

publicidade

Ator de Bridgerton, Jonathan Bailey escondeu sexualidade por pressão

Jonathan Bailey, protagonista da segunda temporada de "Bridgerton", revelou ter escondido ser gay para não perder papéis: "Achava que para ser feliz precisava ser hétero".
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
"Bridgerton": Jonathan Bailey se sentiu pressionado a esconder sexualidade

publicidade

publicidade

Jonathan Bailey é assumidamente gay. Mas escondeu sua orientação sexual durante anos por medo de perder papéis na TV e nos cinemas. Atualmente protagonista da segunda temporada de “Bridgerton”, série de sucesso da Netflix, o intérprete de Anthony Bridgerton contou em entrevista para a “GQ” britânica sobre o dia em que resolveu priorizar sua felicidade. 

Jonathan Bailey: “Achava que para ser feliz precisava ser hétero”

Jonathan Bailey aprendeu a se apresentar como alguém que não era durante a faculdade, em Oxford. No entanto, por volta de seus 20 e poucos anos, o ator decidiu abrir o jogo a respeito de sua sexualidade para família e amigos. Um deles, inclusive, o deixou bastante apreensivo com um conselho insensível enquanto ele fazia algumas audições.

“Falaram para ele: ‘há duas coisas que não queremos saber: se você é alcoólatra ou se é gay’”, contou. A fala do amigo, que também é gay, o atingiu e, a partir daí, ele passou a se sentir pressionado a esconder sua sexualidade para que não prejudicasse sua carreira.

“Basta que uma dessas pessoas nessa posição de poder diga isso, e isso se espalha. Então, sim, é claro que eu pensei isso. É claro que eu achava que para ser feliz eu precisava ser hétero”, explicou Jonathan Bailey.

Ator brilha com personagens que não o definem por sua sexualidade

Assim como Marco Pigossi neste ano, Jonathan Bailey decidiu priorizar sua felicidade e falar publicamente sobre sua sexualidade: “Cheguei a um ponto em que pensei, foda-se, eu prefiro segurar a mão do meu namorado em público ou ser capaz de colocar minha própria foto de rosto no Tinder e não se preocupar tanto com isso do que conseguir um papel.”

O instinto de permanecer fiel a si mesmo é parte do que o torna bom em seu trabalho, de acordo com Phoebe Waller-Bridge, sua co-estrela de “Crashing”. “Jonny opera em uma voltagem diferente. Ele é um meteorito de diversão com uma quantidade incrível de energia e diversão. Ardente em um turno e então totalmente inocente no próximo, mas o tempo todo brincando com essa sensação de perigo inexplorado. Essa é a qualidade que mais amo em Jonny como pessoa e como artista: seu perigo”.

Por isso, falando em perigo, prepare-se para ver o artista brilhar nas telas de novo. Depois de uma temporada sendo coadjuvante, Jonathan Bailey é o protagonista da segunda temporada de “Bridgerton”, baseado em uma série de romances da autora americana Julia Quinn. Nesta temporada, a narrativa explora por que os homens são evasivos e tóxicos.

Foto de capa: reprodução / Instagram @jbayleaf / @eddhorder / @poloralphlauren

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade