Bom dia, boa tarde, boa noite, ou seja lá a hora que você estiver lendo isso :)

Mitos sobre cabelos brancos

Cabelos brancos: 5 mitos para você perder o medo de assumi-los

Pintar ou assumir os fios grisalhos? Antes de se tornar uma questão, saiba quais são os mitos sobre os cabelos brancos para você fazer sua escolha.

publicidade

publicidade

Cabelos brancos: 5 mitos para você perder o medo de assumi-los

Pintar ou assumir os fios grisalhos? Antes de se tornar uma questão, saiba quais são os mitos sobre os cabelos brancos para você fazer sua escolha.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Mitos sobre cabelos brancos

publicidade

publicidade

Não, você não precisa exibir os seus cabelos brancos se não quiser ou não se sentir segura para isso. Assim como você não “tem que” nada quando o assunto é moda, beleza e o seu próprio corpo. Mas você precisa saber que muito do que é falado sobre os fios grisalhos está atrelado a um sistema patriarcal e machista, em que as mulheres são cobradas a todo instante a seguirem padrões estéticos pré-estabelecidos.

Além disso, também existem muitos mitos em torno do cabelo branco que mantém as mulheres ainda mais afastadas de assumir algo que é natural para todo mundo, com medo de parecerem mais velhas, desleixadas e menos atraentes. Por isso, que tal desmistificar algumas crenças sobre cabelos brancos, para ter a liberdade de escolher o que você quer fazer? 

1) “Cabelo branco é sinal de desleixo”

Ao deixar os fios crescerem naturalmente e assumir os fios brancos, os homens se tornam mais charmosos. Quando as mulheres decidem fazer o mesmo, são chamadas de desleixadas. Mas o que o cabelo branco tem a ver com falta de cuidados? Nada! Ao contrário dos homens, as mulheres são incentivadas e cobradas o tempo todo a se manterem dentro de um padrão jovial de beleza.

Por isso, quando uma mulher que já tem fios grisalhos para de pintar os cabelos ou sequer cogita essa possibilidade, ela é vista como alguém que não está se cuidando, que abriu mão de um padrão de beleza. Só que está tudo bem em não querer seguir esse padrão, o que não significa ser mais ou menos desleixada por isso. 

2) “Fio grisalho é coisa para mulher mais velha”

Ainda sobre o padrão jovial de beleza, também existe um mito de que só as senhorinhas, com aquela clássica imagem de vovó, é que deveriam ostentar cabelos brancos. Mas qual não é a surpresa do patriarcado ao descobrir que mulheres mais novas também podem ter fios grisalhos?

Seja aos 40, aos 30, aos 20 e, em alguns casos, até mesmo antes disso, os cabelos brancos podem surgir em diferentes fases da vida e por diversos motivos. Nas redes sociais, muitas mulheres anônimas, influenciadoras e personalidades da mídia já estão desconstruindo os mitos ao redor dos fios grisalhos, como Samara Felippo e Preta Gil. Elas mostram que não existe idade para ter cabelos brancos e para se amar do jeitinho que você é. 

3) “Cabelo branco dá muito mais trabalho do que os outros cabelos”

É verdade que manter o cabelo branco hidratado e com o tom uniforme não é fácil, mas isso não faz dele mais trabalhoso do que os outros tipos de cabelo. Os fios grisalhos, assim como os cacheados, coloridos, curtos ou longos, também têm as suas especificidades. 

O cabelo branco é um fio mais resistente, o que demanda uma hidratação potente para manter o brilho e a maciez. Além disso, a exposição ao sol e outros fatores externos podem manchar os cabelos ou deixá-los com um aspecto mais amarelado. Nesse caso, usar produtos específicos com efeito matizador (o shampoo roxo é uma ótima pedida!) vai te ajudar a deixar o tom mais prateado. 

4) “Cabelo branco e comprido não combinam”

Se você viu a Andie MacDowell cruzar o tapete vermelho do Festival de Cannes 2021, sabe que essa afirmação é mesmo um mito! A atriz, de 63 anos, não se importou nem um pouco em desfilar pelo tradicional red carpet com os cabelos cacheados, volumosos, compridos e totalmente grisalhos, além de vestidos impecáveis.

Ainda que você não seja uma atriz renomada de Hollywood, existe um pensamento capilar que ronda todas as mulheres mais velhas além do branco: o de que cabelo longo entrega a idade. E isso é um problema para quem? Se for para você e você prefere manter os fios curtinhos a partir de uma determinada fase da vida, maravilha! Porém, se esse é um problema de outra pessoa, então deixe que ela vá a um cabeleireiro enquanto você deixa os seus fios do jeito que achar melhor, certo? 

5) “Não dá mais para voltar atrás”

Esse é um mito que não só tem a ver com os cabelos brancos, mas também com várias questões relacionadas à beleza. A partir do momento que você corta o cabelo, pinta os fios, faz uma transição capilar ou qualquer outra mudança relacionada ao seu visual, você também deve estar à vontade para mudar de ideia e voltar atrás se esse visual não te faz mais feliz. 

Não é porque agora você quer deixar os cabelos grisalhos e naturais que você nunca mais vai poder pintar o cabelo quando der vontade. Também não é porque você sempre teve os fios compridos que não vai poder apostar em um corte chanel, se der na telha. Não existem verdades absolutas, existe liberdade de escolha – ou pelo menos, é o que deveria existir. Você pode fazer o que quiser com seu cabelo, meuamô!

Foto de capa: Unsplash

CURTIU? COMPARTILHE AQUI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Redação Alexandrismos

Redação Alexandrismos

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre #CorpoLivre.

publicidade